quarta-feira, 19 de maio de 2010

Estado da unidade

O estado de Unidade ou Iluminação é ser um (a) com a experiência de tudo o que existe. É ser o próprio vento, a água, é ser o espaço, a luz, a seiva correndo dentro da árvore, a formiga, o beija-flor, a cor do som, a gota de orvalho, o êxtase... enfim, é Ser tudo o que É. No estado de Unidade, nada mais está separado.

  Tudo É.

  Só a experiência existe e a consciência da experiência.

Segundo Sri Bhagavan, “o estado de Unidade ocorre em vários níveis e pode se manifestar de forma diferente para cada pessoa”. Ainda nas palavras de Sri Bhagavan “a única solução para todos os problemas humanos e para o sofrimento é o estado de Unidade. Unidade interior, com o mundo ao redor e com Deus. O estado de Unidade começa dentro de você”.

O que é Iluminação?

Iluminação é não-mente. É viver sem a interferência da mente, no aqui-agora, em estado de amor e plenitude.

De acordo com Sri Bhagavan, mesmo as pessoas ricas podem estar estressadas, tensas, preocupadas com vários problemas ou com outras pessoas. Parecem cada vez mais distantes os momentos de realização e felicidade, enquanto cresce a sensação de que se está apenas sobrevivendo. Qual a causa disso tudo, especialmente para o homem moderno? O problema, diz Sri Bhagavan, consiste na natureza da mente que não consegue experienciar nada com atenção, profundidade, aceitação e amor (funções dos lóbulos frontais).

Por exemplo, não se consegue desfrutar o sabor de uma refeição deliciosa porque a mente fica comparando “com uma outra refeição”, ocorrida na semana passada ou “com aquele outro prato feito por aquela pessoa maravilhosa”, em tal lugar. Com isso, não se consegue experienciar a refeição do almoço que está à sua frente, porque a mente está fora, longe e então você deixa de viver o que está sendo oferecido. Este é o estado de inconsciência. Você está fisicamente, mas ao mesmo tempo não está em lugar nenhum. Esse mesmo não experienciar as situações vai se reproduzindo em quase todos os momentos da sua vida.

Outro problema, segundo Sri Bhagavan é que “a mente oscila entre o passado e o futuro e com isso foge do aqui e agora, onde tudo está acontecendo. Vem a culpa ou a raiva e a mente vai para uma situação do passado. Então vem o medo e a ansiedade e a mente vai para o futuro. A mente oscila também entre o prazer e o sofrimento, causados por fatores externos a você. Por exemplo, prazer por comprar um carro novo e sofrimento porque existe um outro carro ainda melhor no mercado. Alegria por casar-se e sofrimento porque o casamento deveria ser diferente do que é.

De acordo com Sri Bhagavan, é da natureza da mente dividir tudo entre o certo e o errado, o bom e o mau, o perfeito e o imperfeito, como deveria e como não deveria ser tal pessoa ou tal coisa. Portanto, é da natureza da mente ser conflitiva. Só que o conflito suga a sua energia e, além disso, gera sofrimento, doença, intranqüilidade. Por outro lado, e isso é importante compreender, quando o conflito ou os conflitos cessam, a sua energia se tranqüiliza. E é nesse estado e só nesse estado que você começa a sentir paz, alegria, amor e gratidão pelo aqui e agora. Esse é o caminho para se compreender e atingir a iluminação.

Até agora, a Iluminação só era possível aos grandes sábios e geralmente aos homens. O novo que está acontecendo atualmente é que milhares de pessoas, homens e mulheres de todas as idades, credos e raças, estão começando a experienciar esse estado de consciência e a permanecer nele plenamente. Eles estão felizes sem nenhuma razão aparente, experimentam a paz que não pode ser perturbada por nenhuma circunstância externa. Eles vivem em Deus e com Deus. Pessoas que passaram pela iniciação com Sri Amma e Sri Bhagavan, na Universidade da Unidade ou que foram tocadas por eles através da deeksha, estão realmente acelerando as etapas de reconhecimento, vivência e permanência nesse estado de consciência, no aqui e agora. “A Iluminação é um fenômeno biológico e não filosófico ou psicológico como acreditam muitas pessoas”, declarou Sri Bhagavan.

Posted via email from ayuszen

O que é a iluminação : : Sri Bhagavan

O que é importante?

QUE É IMPORTANTE?

A crucificação foi o preço de alguém ter afirmado,

há um pouco mais de dois mil anos,

que ele e Deus eram uma só pessoa.

À primeira vista,

nos parece que não avançamos muito desde então,

mas isso é injusto de afirmar.

Nós começamos a arranhar a compreensão

de ser não apenas possível como também disponível

a todos essa consciência,

de que somos um com Deus Pai-Mãe-Filho.

Chamemos a Deus de natureza, de planeta, de ciência,

expliquemos pela fé ou pela energia quântica,

cada indivíduo humano que use sua inteligência e imaginação

para compreender a Vida da qual é feito,

mas que faça algo nesse sentido, só isso importa.

Isso é importante para que se agregue impulso

a essa consciência e que pela magia da mesma

nossa civilização tome o rumo da verdade.

.

Se as pessoas falassem a verdade, então as discussões serviriam para avançar e todo mundo se entenderia. Porém, raramente as verdadeiras razões da discussão são postas sobre a mesa e conversadas sinceramente.

.Concentre a irritação numa linha de atuação produtiva, isto é, em vez de você sair por aí discutindo e falando palavras duras, focalize essa energia através das mãos, fazendo hoje mais do que faria em outros dias.

.A ajuda que o céu oferece sempre vem em formato surpreendente, tanto que em muitos casos é difícil reconhecer que é ajuda. Certos problemas e conflitos são, na verdade, a melhor forma de ajudar a retornar ao caminho.

.Nada aconteceu de acordo com seus planos, mas certamente você não terá motivos de queixas, porque vários benefícios foram colhidos. Que isso sirva para, no futuro, você não se desgastar pretendendo tanto controle.

.Será melhor cortar logo o que amarra você a um passado que não serve mais e que a esta altura já começou a drenar a energia necessária para você entrar na dimensão do futuro. O tempo de ruptura está instalado.

.Alguns interesses imediatos precisarão ser sacrificados em nome de planos maiores, os quais talvez beneficiem mais outras pessoas do que você. Porém, essa condição será passageira, logo você também receberá benefícios.

.No meio dos tumultos haverá algo de interessante para você. Por isso, concentre sua mente no objetivo pretendido para não perder-se no meio de discussões estéreis e fúteis. Assim você encontrará o que interessa.

.Quando a alma espera muito de uma situação, cada contratempo se torna bombástico, sem sê-lo em si mesmo. É que muita emoção acompanha cada movimento e, por isso, as atitudes se tornam um tanto desengonçadas.

.Colabore para que os planos de outras pessoas tenham sucesso. Faça isso a despeito de ter de sacrificar temporariamente alguns desejos particulares. Ajudar e facilitar criam benefícios que retornam multiplicados.

.A necessidade é a verdadeira mãe do destino. Por isso, não seria sábio você satisfazer todos seus desejos e nunca mais sentir necessidade alguma, porque isso conduziria à paralisia existencial. Necessitar é importante.

.Razões poderosas conduzem seus passos e guiam as atitudes que, a esta altura, não há mais como modificar. Isso gerará certos conflitos e discussões que, bem administrados, colocarão as pessoas em seu devido lugar.

.Quanto mais o progresso acontece, mais as pessoas que supostamente deviam apoiar você se queixam e criam contratempos desnecessários. É inveja? Talvez! Porém, o mais provável é que isso seja incompreensão.

Fonte: Quiroga

Posted via email from ayuszen